Menu

Foragido é Morto FORAGIDO DO PRESÍDIO DE XANXERÊ É MORTO EM ABELARDO LUZ

40608093_1059845857527187_7985979533536788480_n

Uma ocorrência em Abelardo Luz na manhã desta terça-feira (11) tem movimentado policiais militares e civis da região. Segundo o comando da 4ª Companhia do 2º Batalhão da Polícia Militar, que trabalha na ocorrência, duas pessoas invadiram a residência de um casal de agricultores, no assentamento Papuan 2. O caso terminou com um dos invasores morto, o outro apreendido e a agricultora encaminhada ao hospital. O proprietário da casa ainda não foi localizado.

Conforme o comandante da 4ª Cia do 2º Batalhão da PM, capitão Vilte dos Santos, as informações levantadas pela polícia dão conta que Juliano Bernardo Leria, de 23 anos, foragido do regime semiaberto do Presídio de Xanxerê, e um menor foram até a residência dos agricultores. Isso porque Juliano teria um relacionamento com a filha do casal e resolveu tirar algumas satisfações. No local, houve desentendimentos e a agricultora Terezinha Chaves Candido, de 42 anos, foi ferida na cabeça com um facão.

Reagindo à situação, o agricultor disparou com uma espingarda calibre 12 e atingiu Juliano.  Os invasores fugiram pela mata e a Polícia Militar foi acionada. A agricultora foi encaminhada ao Hospital Regional de Chapecó. Ao realizar cerco e busca com o cão Thor, a Polícia Militar primeiro localizou o menor, que foi apreendido e que acabou relatando o ocorrido e mostrou aos policias onde estava o maior, que já estava em óbito.

Foram acionados a Polícia Civil e o Instituto Geral de Perícia (IGP) de Xanxerê para recolher o corpo. Ainda conforme a Polícia Militar, o agricultor ainda não foi localizado e não há informações sobre o estado de saúde da esposa. A polícia continua a trabalhar no caso.

Fonte: Tudo Sobre Xanxerê