Acusada de matar grávida em Canelinha é transferida para Chapecó

Rozalba Maria Grime, de 28 anos, acusada de assassinar a jovem grávida de Canelinha, foi transferida para o Presídio Feminino de Chapecó, no Oeste. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (9) pelo delegado Paulo Alexandre Freyesleben e Silva, responsável pelo caso.

A mulher foi presa ainda no dia 28 de agosto, quando o crime foi descoberto. Desde então ela estava detida em Tijucas, na Grande Florianópolis.