Após cobranças Casan apresenta projeto para solução no abastecimento de água em Coronel Martins

Tem sido constante as cobranças feitas pelo Governo Municipal de Coronel Martins à Casan para solucionar o abastecimento de água no município. A companhia catarinense enfrenta dificuldade para manter o fornecimento de água e está utilizando atualmente caminhões pipa para complementar o reservatório, uma vez que o poço artesiano está com baixa vazão.

Conforme a superintendência regional da Casan, estão sendo transportados 25 mil litros de água por dia do município de Galvão para Coronel Martins para manter o abastecimento normalizado. No início deste ano a companhia tentou resolver o problema em definitivo perfurando dois poços artesianos, porém, ambos não tiveram a vazão esperada.

Em ofício encaminhado nesta segunda-feira (19), ao Governo Municipal, em resposta às cobranças, a Casan disse que já programou orçamento para fazer em 2021 a interligação via rede adutora entre os municípios de Galvão e Coronel Martins, que irá contar com sete quilômetros de encanamentos, além de estações compactas de recalque de água e reestruturação e redimensionamento do atual poço artesiano.

Em contato com nossa redação, o Governo Municipal de Coronel Martins, diz estar a disposição da Casan para auxiliar na concretização deste projeto e resolver a questão da água no Município. Enfatizou também que está desenvolvendo projetos de distribuição de água em comunidades locais e que sempre esteve atento a situação do abastecimento do perímetro urbano e cobrando da Casan uma solução que, enfim, será efetuada.

Fonte: Redação ClicOeste