Após decisão do TSE, loja de Chapecó tira decoração de vitrine

Uma loja de roupas localizada na Avenida Getúlio Vargas, no centro de Chapecó, teve de cumprir uma decisão emitida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta quarta-feira (19), em que determina a retirada de uma informação referente a uma promoção que o estabelecimento promovia. Veja o momento da retirada:

Um advogado do município acionou o TSE, argumentando que na promoção proposta pela loja “há dissimulação, por meio de desconto, de propaganda eleitoral do número 22 (PL), relativo à candidatura de Jair Messias Bolsonaro”. A decisão completa pode ser consultada aqui.

O advogado também colocou na sua denúncia o link de uma publicação do Instagram por parte da proprietária da loja, já excluída, em que é mencionado o presidente e seu número na urna na descrição da foto que falava sobre a promoção. A decisão foi cumprida pela loja, e o anúncio foi retirado na manhã desta quinta-feira (20), como também a promoção foi encerrada.