Bandeira amarela volta a vigorar em SC e causa aumento nas contas de energia elétrica

Redução das chuvas causou alteração na forma de cobrança das contas, segundo a Celesc

As contas de energia elétrica devem ficar mais caras a partir deste mês de maio, de acordo com a Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc). O motivo é a alteração da bandeira tarifária, que saiu da cor verde e agora está na amarela. Com isso, o preço aumenta até R$ 1,00 para cada 100 quilowatt-hora consumido ao mês.

As bandeiras tarifárias são relacionadas ao valor para a produção de energia. No Brasil, como a maior parte da matriz elétrica de baixo custo é produzida por hidrelétricas, a incidência de chuvas é a principal razão para que o preço das contas seja alterado ou não. Quanto menos chuvas, maior a necessidade de colocar em funcionamento usinas termelétricas, que necessitam de combustíveis para dar conta da demanda.

Ao todo, existem quatro bandeiras tarifárias, a verde, a amarela e a vermelha, que conta com dois patamares. Na verde, não há alteração no valor das contas. Já a vermelha, de patamar dois, pode elevar o preço das contas em até R$ 5,00 para cada 100 quilowatt-hora consumidos. A alteração no preço da energia vale para todos os consumidores atendidos pelas distribuidoras tradicionais, como a Celesc.

Fonte: www.nsctotal.com.br