Caçadores são presos com aves, pele de animal e armas

Três homens foram presos em Mafra, no Norte de Santa Catarina, por caça ilegal. A apreensão ocorreu no sábado, dia 2, e a polícia encontrou com eles uma ave Baitaca em cativeiro, além de uma ave Jacu morta, a pele de um animal silvestre e ao menos nove armas, além de armadilhas e munições, também foram encontradas.

A prisão foi feita pela Polícia Militar Ambiental (PMA) e Polícia Militar na localidade de São João da Barra. A polícia abordou um veículo e seus ocupantes em uma estrada e depois chegou a um rancho que, segundo a PMA, servia de base para os caçadores.

Foram apreendidas no total cinco espingardas, uma arma garrucha, dois rifles, dois revólveres, 3,4 mil quilos de chumbo, pólvora, mais de 700 munições, luneta, armadinhas e 10 apitos para atrair aves.

“É a maior apreensão que fixemos aqui. Foi um duro golpe em quem tem essa prática de caça como hobbie. Durante o ano passado inteiro apreendemos oito armas de fogo. Neste ano em apenas quatro esses apreendemos 17 na nossa região”, explica o major Fernando Lopes.

Oito pessoas foram abordadas pela polícia. Três deles foram presos em flagrante por caça e posse irregular de armas e levados para a delegacia de Mafra.

Com informações do G1