Cãozinho surdo e que quase não enxerga passa 15 horas cuidando de menina que se perdeu em mata!

Quando achamos que já vimos todas as melhores histórias de cães que tomam atitudes surpreendentes para proteger os seres humanos, mais nos surpreendemos.

É o caso de uma situação quase inacreditável, ocorrida em Queensland, na Austrália, que reflete o instinto carinhoso e protetor desses animais tão amados por todos nós. Um velho cãozinho chamado Max protegeu sua dona, uma criança de três anos, por mais de 15 horas, enquanto a garotinha estava perdida numa floresta acidentada em Southern Downs, na região de Darling Downs.

Essa história que parece coisa de filme começou quando Aurora foi andando sozinha em direção à mata, por volta das 15h de uma sexta-feira, e acabou se perdendo. Uma verdadeira força-tarefa composta pela família e moradores da região foi formada para encontrar a menina, mas com o tempo chuvoso e o cair da noite, as buscas foram suspensas temporariamente. A procura, inclusive, chamou a atenção de toda a imprensa local, como o canal de televisão 9News, um dos mais tradicionais da Austrália, que acompanhou toda a operação.

Na manhã do dia seguinte, mais de 100 voluntários do Serviço de Emergência Estadual local, policiais e moradores da região retomaram a busca e encontraram a menina segura, graças a Max, por volta das 8h.

Segundo as autoridades, foi Max quem encontrou a criança e guiou as equipes até o local onde ela pudesse ser encontrada. O cãozinho e a menina passaram por uma área bastante montanhosa, praticamente inóspita. Conforme publicação do jornal ABC News, Leisa Bennett, que é avó de Aurora, e outros pesquisadores ouviram a menina respondendo baixinho aos gritos da equipe do topo de uma montanha na manhã de sábado.

“Quando a ouvi gritar ‘vovó’, soube que era ela. Eu subi a montanha e, quando cheguei ao topo, o cachorro veio até mim e me levou direto para ela”, comentou a avó emocionada. E é claro que o reencontro da família teve direito a muitas lágrimas, afinal, todos estavam desesperados, imaginando o que poderia ter ocorrido com a criança.

Por sorte, Aurora sofreu apenas pequenos cortes e escoriações, o que foi visto como um verdadeiro milagre, já que durante o período em que ela ficou desaparecida choveu e fez muito frio na região. Sinal de que seu cãozinho cuidou dela o tempo todo.

Graças ao seu gesto heroico, o animal foi recompensado da forma mais simbólica possível. Por seu bom trabalho em manter a menina segura, Max foi declarado cão policial honorário de Queensland!

Sem dúvida, o fiel amigo mereceu todos esse carinho, mas sua maior recompensa foi saber que a menina estava a salvo, graças à sua dedicação!

Fonte: Osegredo.com