Capelão do Hospital Emílio Ribas já realizou 3 velórios online; ‘nunca imaginei’, diz padre

Capelão há 28 anos no Hospital Emílio Ribas, o padre João Inácio Mildner, de 60 anos, estava acostumado a realizar as missas às segundas-feiras no hospital, rezar nos leitos dos pacientes, e confortar com um abraço aos que precisavam das suas palavras. Nos últimos dias, sua rotina no sacerdócio teve que ser adaptada às restrições impostas pela pandemia do coronavírus, e o padre já realizou três enterros à distância, por videochamada.

“Nunca imaginei fazer um velório online”, disse o padre. O primeiro aconteceu na semana retrasada.

Em volta do caixão, durante o velório, familiares mais próximos fizeram uma chamada de vídeo para o padre. Ele fez uma leitura de um trecho da Bíblia, orações, e passou uma mensagem para a família. Outros familiares puderam acompanhar a cerimônia online.

A vítima não morreu de Covid-19. Desde o último sábado, os velórios para vítimas do coronavírus estão suspensos pela Prefeitura de São Paulo.

Na semana passada, o Padre João realizou mais dois velórios e enterros dessa forma. Ele faz as videochamadas na capela do Emílio Ribas.