Carro foi incendiado com vítima ainda viva, apura investigação da Polícia Civil de Chapecó

A Polícia Civil identificou e esclareceu o caso do corpo que foi encontrado carbonizado dentro de um veículo, no dia 23 de outubro de 2019. A vítima foi encontrada no banco traseiro de um veículo VW/Gol, no bairro Santo Antônio, em Chapecó. O delegado Vagner Papini – responsável pela investigação – informou, nesta terça-feira (21), que: “segundo a confissão de um dos suspeitos, o veículo foi incendiado com a vítima ainda viva em seu interior”.

O delegado ainda acrescentou que durante as investigações os policiais civis descobriram que a vítima foi morta após ter agredido fisicamente um indivíduo que lhe chamou de “duque”.

Outras informações, como identidade da vítima e detalhes sobre o caso serão repassadas, na manhã de quarta-feira (22), durante uma coletiva de imprensa.

Crime

O corpo carbonizado foi encontrado em um veículo queimado, no acesso José Rodolfo Travi, no Contorno Viário, bairro Santo Antônio, em Chapecó. Na ocasião, o Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar um incêndio. No local, o VW/Gol pegava fogo.

O carro ficou totalmente queimado e o corpo carbonizado estava sem condições de identificação.  A Polícia Civil iniciou as investigações para descobrir a identidade da vítima encontrada carbonizada e também esclarecer o crime.


Foto: Polícia Civil/Arquivo ClicRDC