Chapecoenses que não utilizarem máscaras serão multados em R$250, diz Prefeito

O prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, informou em coletiva de imprensa realizada na sexta-feira (8), que o uso de máscaras torna-se obrigatório em todos os espaços do município a partir desta meia-noite. Quem não fazer o uso da máscara será multado em R$ 250, por ato infracional, que será fiscalizado pela Guarda Municipal, Polícia Militar (PM) e autoridades sanitárias.

“Apenas na sua casa é que você pode não usar máscaras. Em qualquer outro ambiente, inclusive dentro do seu próprio condominio, próprio prédio, dentro da praça, na calçada, na rua, você está obrigado a usar máscaras”, afirma Luciano Buligon. Ele reforça que as máscaras devem ser utilizadas inclusive dentro de veículos.

A medida foi anunciada depois que Luciano Buligon comentou que Chapecó tornou-se o terceiro município com mais casos de coronavírus em Santa Catarina, atrás apenas de Florianópolis e Joinville, com 266 casos confirmados da doença. Buligon reforçou, ainda, que o grande contágio de Chapecó acontece nos ambientes de lazer, nos contraturnos da população.

Segundo ele, em ambientes de trabalho, há uma relação de cuidados que é monitorada com regularidade, porém, fora dos estabelecimentos – em parques, nas ruas, em feriados e em dias de sol – a aglomeração tem sido nociva para a saúde pública.