Chuva causa alagamentos e estragos no Oeste de SC

Em Cunha Porã, por exemplo, um clube campestre localizado na Linha Glória ficou embaixo da água. A área central do município virou um rio com quantidade de

Já na cidade de Modelo, o Corpo de Bombeiros Militar atendeu diversas ocorrências de alagamentos no Centro da cidade. O nível do Rio Timbó que corta a cidade aumentou o nível e os bombeiros monitoram a situação.

Em Modelo – Foto: Rádio Modelo/Reprodução/NDEm Modelo – Foto: Rádio Modelo/Reprodução/ND

Também há registros de alagamentos pontuais no perímetro urbano de Xanxerê e São Domingos, uma vez que rios transbordaram em alguns locais.

Segundo o coordenador regional da Defesa Civil, Luciano Peri, várias equipes trabalham para prestar auxílio às famílias atingidas. Até às 10h50 deste domingo, o órgão não tinha um número oficial de pessoas atingidas.

Em Xanxerê – Foto: Defesa Civil/NDEm Xanxerê – Foto: Defesa Civil/ND

Entre Pinhalzinho e Serra Alta houve a SC-160 cedeu em dois pontos mas a rodovia não havia sido interditada, apenas sinalizada até às 11h. A PMRv  (Polícia Militar Rodoviária Estadual) informou que o trânsito flui em meia pista no local.

SC-160 – Foto: PMRv/NDSC-160 – Foto: PMRv/ND

Em Bom Jesus, na SC-155, houve quebra de barreira no acesso ao município de Ouro Verde. A PMRv diz que já foi feita a limpeza da via, mas pede a atenção dos motoristas, por conta da quantidade de lama na rodovia.

Acumulado de chuva 

Em seis horas, segundo a Defesa Civil, o maior acumulado de chuva foi registrado em Maravilha com 84 milímetros. Na sequência aparece Pinhalzinho (49,4 mm) e Águas Frias  (30,6 mm).  Veja a tabela completa abaixo:

Dados atualizados às 4h30 deste domingo, dia 20 – Foto: Defesa Civil/NDDados atualizados às 4h30 deste domingo, dia 20 – Foto: Defesa Civil/ND

As próximas horas ainda são de alerta na região Oeste de Santa Catarina, uma vez que há chance de temporais e muita chuva. Também há risco de deslizamentos.