Com 18 anos completados em abril de 2020, vereador mais jovem de SC é de Irani

O vereador mais jovem eleito em Santa Catarina é do município de Irani. Adrian Sganzerla (PP) completou 18 anos em abril de 2020. Com 314 votos, o filho de agricultores, que reside na Linha Cerro Agudo, foi o terceiro vereador mais votado no município e será o mais jovem a assumir uma cadeira do Legislativo em todo o estado.

O jovem entrou na política muito cedo e, já na primeira tentativa, conseguiu o apoio de um número grande de pessoas. “Na urna da comunidade onde moro, fiz 71 votos, e é uma amostra do apoio recebido. Só tenho a agradecer a todos e dizer que espero retribuir da melhor forma, com trabalho sério dentro da câmara de vereadores, o qual é o meu objetivo”, comenta em entrevista ao Oeste Mais.

Adrian vive com os pais no interior e trabalha com eles na agricultura e pecuária. Mesmo de fora da política, sempre se interessou pelo assunto, “naquilo que rege a forma como vivemos”, resume.

“Tenho a perspectiva de que tudo depende de nós. Então quando recebi o convite por parte do nosso prefeito eleito [Vanderlei Canci], não foi difícil escolher participar. Assim eu dei o meu nome à disposição, porque eu sei que podemos agir em prol de uma sociedade melhor”, relata Adrian.

Adrian tem 18 anos e foi eleito como vereador de Irani (Foto: Arquivo pessoal)

Ele argumenta que a vida de todos depende da política. Também fala da importância das escolhas em cada etapa no ramo.

“Nós não estamos no reino das formigas, onde tudo está pronto e basta seguir o instinto. Nós temos a opção, o poder de escolher. E a democracia oferece a participação, ela torna da nossa vida uma vida política. Portanto, a política é o meio do qual nós temos de organizar a nossa sociedade”.

Família na política

Dos passos da família dentro da política, Adrian relembra apenas do avô Euclides Sganzerla – já falecido – como candidato. Segundo ele, faltaram apenas 19 votos para que o avô se elegesse vereador, ficando suplente na gestão 1983/1988.

Depois de Euclides, Adrian foi o primeiro da família a buscar uma vaga no Legislativo. “Quando eu decidi ser candidato, eles [familiares] ainda tinham certo receio, até mesmo por falta de proximidade com a coisa pública. Mas como eu disse, depois de quebrarem a “barreira do novo”, me apoiaram e até gostaram de fazer campanha”.

Adrian será o mais jovem a ocupar uma cadeira no Legislativo em SC (Foto: Divulgação)

Condição da campanha

Adrian era uma pessoa desconhecida no município, mas mesmo assim teve muito apoio da população, da família, dos amigos, da juventude e também dos professores, pessoas com quem tinha mais proximidade.

Conforme o vereador mais jovem de Santa Catarina, a decisão também se deu por ele já ter participado das atividades da comunidade, por ser vice-presidente do Grêmio Estudantil da escola, realizar projetos, ter dado palestras e participado de uma audiência pública no ano passado, onde juntamente com um parceiro de projetos e dois professores, tentaram alterar o nome de uma data comemorativa no município.

“Espero que a minha eleição sirva de incentivo para a juventude. Que gere o interesse pela política. É necessário ver a política de outra forma. E da forma como eu recebi o apoio da juventude, acho que já está valendo. Muitos se empenharam na nossa campanha, e isso é importante, pois é preciso lembrar que os ausentes nunca tem razão”, finaliza.

Jovem foi eleito com 314 votos, sendo o terceiro mais votado em Irani (Foto: Arquivo pessoal)

Eleições em Irani

Adrian estava entre os 53 candidatos a vereador no município de Irani. Entre todos, apenas nove se elegeram e o jovem ficou como o terceiro mais votado. Para Adrian, que gastou o equivalente a R$ 600 na campanha, aquela foi uma ótima eleição, já que ele era um “marinheiro de primeira viagem”, como ele mesmo disse.

Além dos nove vereadores eleitos, Vanderlei Canci (PP) foi eleito prefeito de Irani, recebendo 2.571.