Corpo de Jesse retornará ao Brasil, mas sem Shurastey

As autoridades norte-americanas autorizaram o embarque do corpo do catarinense Jesse Koz de volta para o Brasil no próximo domingo (5). Ele morreu em um acidente de trânsito no Oregon, nos EUA, no dia 23 de maio. 

Seu companheiro de aventuras, Shurastey, ainda não retornará ao Brasil. O golden retriever foi cremado nos Estados Unidos, mas as cinzas não foram autorizadas a embarcar junto com Jesse. Na semana passada, o Ministério das Relações Exteriores respondeu a um oficio do senador Dário Berger (MDB) dizendo que havia trâmites a serem observados, tanto pelas autoridades nos Estados Unidos quanto no Brasil – mas que o Itamaraty estava em contato para viabilizar, se possível, o transporte das cinzas de Shurastey.

O envio do corpo de Jesse e a cremação de Shurastey foram pagos com o dinheiro arrecadado em uma vaquinha online, que alcançou R$ 120 mil em poucas horas.