Covid-19: Futebol recreativo em Chapecó está proibido; Guarda Municipal fará a fiscalização

A prefeitura de Chapecó reiterou no fim da tarde desta terça-feira (30), que o futebol recreativo está proibido no município, devido a pandemia da Covid-19. Segundo a Administração Municipal, apenas esportes coletivos de cunho recreativo, sem contato físico estão liberados em Santa Catarina. A medida do governo estadual contempla esportes como frescobol e beach tênis.

Conforme a prefeitura de Chapecó, a Guarda Municipal fará a fiscalização de acordo com o decreto estadual. Segundo Roger Lima, Comandante da Guarda Municipal, em um primeiro momento, devido a dúvida gerada na população, a fiscalização será no sentido de orientação.


“Nossa fiscalização neste primeiro momento será mais no sentido de orientação, tendo em vista que o novo Decreto gerou muitas dúvidas a população e ao pessoal do setor. Nós vamos trabalhar hoje e amanhã, mais no sentido de orientar o pessoal. Nós já estamos realizando essa orientação. Já recebemos ligações e informamos sobre essa portaria que se encontra em vigor. Essa medida não é nova, é desde o ano passado e ela regrava o funcionamento da atividade, porém, devido a flexibilização que houve no início do ano, ela não vinha sendo observada, devido ao decreto que liberava as atividades em qualquer nível de risco. Hoje não temos mais essa liberação expressa em decreto. No último decreto houve a proibição das atividades coletivas esportivas e ontem houve a revogação desta proibição, porém não tem nada expresso que a atividade esteja permitida. Desta forma, temos que observar a portaria 1005, que regula a atividade conforme o nível de risco da cidade. Hoje Chapecó está no nível ‘gravíssimo’, então conforme prevê a portaria, o esporte coletivo, futebol recreativo está proibido, enquanto o nível de risco não for para um nível inferior”, informou o Comandante da Guarda Municipal, Roger Lima.