Filho do prefeito de Chapecó se justifica após receber auxílio emergencial

Hulian Felipe Müller Buligon, filho do prefeito de Chapecó (SC), Luciano Buligon (PSL), publicou nesta sexta-feira (12), em sua conta numa rede social, uma justificativa sobre o motivo de seu nome aparecer na lista de cidadãos de Chapecó que estão recebendo o auxílio emergencial pago pelo governo federal durante a pandemia do novo coronavírus.
O filho do prefeito explicou que, como advogado e assessor jurídico de um correspondente bancário, buscou entender a ferramenta para auxiliar os clientes, pois havia dúvidas quanto ao cadastramento no aplicativo.
“Entrei no sistema e iniciei o cadastro com os meus dados pessoais. Ao chegar ao final, não consegui efetuar o cancelamento da solicitação, tendo esta ido para análise”, diz ele na publicação. Ainda segundo Hulian, o valor de R$ 600 foi depositado em sua conta no dia 29 de maio e, no dia seguinte, ele fez a devolução do valor.
Na postagem, o advogado anexou os comprovantes de pagamento e do estorno do dinheiro.