Município de Formosa do Sul instala dispositivos inteligentes em boca de lobo

O Governo Municipal de Formosa do Sul está instalando em alguns pontos da cidade dispositivos inteligentes para boca de lobo. Ao todo serão instalados 37 dispositivos em bocas de lobo do Loteamento Recanto Verde e na Avenida Getúlio Vargas. O objetivo é eliminar problemas como mau cheiro e a proliferação de insetos e roedores. O Investimento é de R$ 30.710,00 de recursos próprios.

O dispositivo inteligente para boca de lobo consiste em uma espécie de caixa, instalada logo a baixo das grades das bocas de lobo. Confeccionada com chapa galvanizada e eixo de inox, que permite maior durabilidade do equipamento, o dispositivo funciona como uma peneira permitindo apenas a passagem de água pela tampa automática. Quando não há chuva a tampa fica fechada evitando o retorno do mau cheiro além de animais e insetos indesejados que possam trazer riso a saúde humana.

De acordo com o prefeito, Rudimar Conte, o mau cheiro era um problema recorrente e que agora foi solucionado. “A muito tempo nós vínhamos tendo problemas com estas bocas de lobo e então foi adquirido estes dispositivos para que esse problema fosse solucionado. É um ótimo investimento pois traz qualidade de vida para as pessoas que ali moram”, afirma o prefeito.

O chefe de gabinete, Ademar Scsczepanski acompanha a instalação e aponta para os cuidados com a manutenção do dispositivo. “É uma reivindicação da população que esta sendo atendida. A Administração Municipal está fazendo sua parte instalando os dispositivos, agora cabe a população cuidar e auxiliar na manutenção que é simples e beneficia toda a população”, aponta Scsczepanski.

Nelson Stieven, empreendedor metalúrgico, e criador do dispositivo foi responsável pela instalação do dispositivo na cidade e garante a qualidade do produto. “Esse dispositivopara boca de lobo veio de encontro ao bem-estar do ser humano, ele realmente funciona e resolve os problemas com a circulação de insetos e roedores além de conter o mau cheiro”, destaca.

A moradora do Loteamento Recanto Verde, Cleusa Chemin, aprova a instalação do dispositivo. “Ficou muito melhor não tem mais cheiro, agora dá até para sentar na are e tomar chimarrão tranquilo”, diz a moradora.

Fonte: ASCOM