Entre as medidas também está prevista a aquisição de imóveis de construtoras já em obras ou concluídos, além do aproveitamento de propostas inscritas e não selecionadas na seleção do Minha Casa, Minha Vida em 2023. Para os casos que não foram contemplados nessas medidas, uma nova seleção do Minha Casa, Minha Vida para os municípios deve ser feita.

Ministério para Reconstrução

No evento, o governo federal também confirmou a criação do Ministério Extraordinário de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul. As atividades serão coordenadas pelo ministro Paulo Pimenta, que ficará responsável pela articulação com governo estadual e municípios para as ações.