Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Grupo que matou homem em Itapoá atirou mais de 50 vezes, diz polícia

O assassinato registrado em Itapoá na tarde de sábado, 23, foi causado após o grupo criminoso atirar pelo menos 50 vezes contra a vítima. Ele tinha 25 anos e estava na casa da mãe quando foi morto por seis pessoas. Segundo a Polícia Militar, o homicídio ocorreu por volta das 14 horas, no bairro Itapema do Norte, na cidade do Litoral Norte de Santa Catarina.

A Polícia Civil informou que a perícia já encontrou mais de 50 locais atingidos por disparos de arma na casa da mãe da vítima. Destas, cerca de 20 acertaram o homem. Segundo a mãe, ele morava em Pinhais, no Paraná, mas começou a sofrer ameaças de morte e, por isso, se mudou para Santa Catarina.

A Polícia Militar informou que os dois carros usados pelo grupo que cometeu o crime têm placas de Pinhais. Eles foram detidos logo depois do assassinato, já que a polícia iniciou buscas com o auxílio de câmeras de monitoramento. Eles foram localizados pelo helicóptero da Polícia Militar quando trafegavam pela BR-376, com destino ao Paraná. Na rodovia, foram abordados e presos.

No grupo, havia cinco homens e uma mulher. Eles levavam três armas: um revólver 38, uma Glock nove milímetros e uma pistola 380. O crime está sendo investigado na Delegacia de Polícia Civil de Itapoá.