HOMEM É CONDENADO POR 31 ANOS DE PRISÃO POR ESTUPRAR A PRÓPRIA FILHA

Um homem de São Bernardino-SC obteve condenação de 31 anos, nove meses e um dia de reclusão, em regime fechado. A sua prisão é em razão de ter estuprado a própria filha, e a pena de nove meses de detenção semiaberto, por ameaças contra as Conselheiras Tutelares do município, e por permitir que a filha menor dirigisse um veículo.

Segundo investigações, o pai abusava da filha quando ela tinha apenas 12 anos e perdurou até mais o menos um ano antes dela completar 15 anos. Os fatos ocorreram entre o período de março de 2019 e janeiro de 2021.

O Ministério Público de Santa Catarina, condenou o homem pelos crimes de estupro de vulnerável, estupro em duas oportunidades, e tentativa de estupro, todos contra a própria filha. O Juízo também fixou uma indenização por danos morais à vítima no valor de R$ 25.000,00, bem como declarou a incapacidade do condenado para o exercício do poder familiar.