Homem que tentou matar três pessoas a facadas é condenado a mais de 16 anos de prisão

Denunciado pelo Ministério Público de Santa Catarina, Claudio Pereira de Melo atacou as vítimas após discussão em um jogo de futebol. Crime ocorreu em 2017 no Centro do município.

O Tribunal do Júri da Comarca de São Domingos atendeu ao pedido do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e condenou Claudio Pereira de Melo a 16 anos, seis meses e quatro dias de prisão, em regime fechado, por três tentativas de homicídio qualificadas por motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima. Ele tentou matar Cleonice Salete Monteiro Lemes Pereira, a filha adolescente da vítima, que na época do crime tinha 14 anos, e Valmor de Deus.

De acordo com a denúncia, no dia 3 de setembro de 2017, por volta das 19h, próximo ao campo de futebol localizado no Centro de Entre Rios, as vítimas assistiam a uma partida de futebol quando o réu teria começado a fazer manobras perigosas com o carro próximo ao campo. Neste momento, Cleonice e o marido pediram para que o condenado parasse para não provocar acidentes.

Inconformado com o pedido, o réu deixou o local e retornou munido de uma faca e de um facão, momento em que investiu de surpresa contra as vítimas, que somente não morreram porque houve a intervenção de terceiros durante o ataque.

Atuou pelo MPSC na sessão a Promotora de Justiça Andréia Tonin.

Da sentença cabe recurso e ao réu foi concedido o direito de recorrer em liberdade, mas foram mantidas as medidas cautelares fixadas na sentença de pronúncia, que são: proibição de se aproximar das vítimas e modificar seu endereço sem prévia autorização do juízo.

Fonte: Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social – Correspondente Regional em Chapecó