Idoso catador de recicláveis em Xanxerê pede ajuda para comprar material escolar para netos

Há alguns meses, seu Sebastião, morador de Xanxerê, perdeu o amor da sua vida. O enterro foi extremamente difícil para o idoso. Endividado com as contas do funeral, passou mal em casa e foi internado em um hospital diagnosticado com múltiplos problemas de saúde.

Sem condições para trabalhar – ele é catador de recicláveis – viu sua situação financeira se deteriorar rapidamente.

Na semana passada, o idoso deixou o hospital e já voltou ao trabalho, mesmo portando a bolsa coletora de urina na cintura.

Comovido com a situação do idoso, o Grupo Bem-Estar Animal e um dos seus voluntários, Vagner Ribeiro, têm ajudado seu Sebastião da maneira que podem. No último encontro, ele pediu à ONG para comprar os materiais escolares dos três netos que vivem com ele.

“Ele trabalha com reciclagem e sempre que podemos ajudamos com cestas básicas, alimentos, pois a situação deles é bem complicada. Ele perdeu a esposa a pouco tempo e mora com duas filhas e os três netos. Ficou internado por causa de um problema bem sério nos rins e agora que saiu do hospital comentou comigo que por não ter trabalhado nos últimos dias não teria condições de comprar os materiais”, conta Vagner.

O voluntário publicou um post nas redes sociais contando a história de Sebastião e várias pessoas já se propuseram a doar os materiais escolares para as três crianças. Mas a família também precisa de alimentos e roupas – se possível, uma geladeira também.

Segundo a Secretaria de Educação de Xanxerê, as listas de materiais são sugestões, já que a escola fornece os materiais básicos para o ensino.

“Muitos pais pedem uma sugestão no fim do ano do que podem levar no ano seguinte. As escolas tem autonomia para elaborar essas listas de sugestões, mas é realmente uma sugestão. Não é obrigatório. Os pais que não tem condições não precisam se preocupar jamais com essa situação, pois a prefeitura fornece o material para a criança carente, os lápis, cadernos, borracha, tudo que ela precisar. Essa lista é apenas uma sugestão. Os pais não precisam se preocupar”, finaliza.

Quem puder ajudar o Sebastião e seus netos pode entrar em contato direto com o idoso pelo telefone (49) 99914-4469 ou com o Vagner pelo telefone (49) 98407-2274.

Fonte: Razões para Acreditar / Lance Notícias