Jogador de Chapecó ganha mais de 150 mil dólares em torneio de Poker

O jogador de Poker Carlos Henrique Ferreira da Silva superou 888 oponentes e faturou $153.212 do WSOP Winter Circuit – um torneio online. Ele é natural de Chapecó (SC) e atua profissionalmente desde 2015.

“Basicamente eu joguei de forma recreativa entre 2013 e 2014. Eu fui disputar um torneio no Hotel Lang em Chapecó e fiquei em terceiro lugar. Com isso, decidi que poderia fazer cursos de poker com o dinheiro da premiação”, falou o jogador em entrevista ao ClicRDC.

Os cursos foram importantes para Carlos entender como as coisas acontecem no jogo. “O Poker é um esporte desde 2010 no Brasil. As pessoas não entendem que é um esporte da mente, assim como o xadrez”, disse.

Por muito tempo, Carlos levou o poker junto com os estudos de arquitetura e urbanismo. Porém, no final de 2015, recebeu uma proposta para ser instrutor em uma equipe. “Eu decidi largar a faculdade, após um bom tempo conciliando as duas coisas. Pensei muito e tomei essa decisão”, frizou.

Aos 30 anos, Carlos joga de 30 a 50 torneios por dia. Porém, eventos como o “WSOP Winter Circuit” acontecem trimestralmente ou semestralmente.

“Este evento ganha um anel de ouro. São poucos que tem essa recompensa. É um torneio muito mais visado que os demais”, explicou o jogador.

Para conquistar o grande prêmio, Carlos Henrique superou 888 oponentes.

“Quando estavam em seis jogadores, caiu um dos melhores do mundo. Ali eu comecei a acreditar que eu poderia vencer a competição mesmo. Eu tinha uma vantagem bem grande sobre os últimos jogadores”, finalizou.

Fonte: CLICRDC / Foto: Reprodução/Instagram