Jovem de Chapecó é suspeito de matar homem com seis tiros em festa no Oeste de SC

O motivo do crime foi uma discussão pelo sumiço de drogas em uma festa; Vídeos de armas na festa foram publicados por envolvidos

Um jovem, de 22 anos, foi morto a seis tiros em uma festa na madrugada de terça-feira (24), em Águas de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito de ter cometido o crime é outro jovem, de 18 anos, que reside em Chapecó (SC).

Ainda conforme a Polícia Civil,  a investigação descartou a participação de uma pessoa que havia sido conduzida pela Polícia Militar à Delegacia no dia dos fatos. A arma utilizada no crime também foi apreendida. O motivo do crime foi uma discussão sobre o sumiço de entorpecentes, informou a Polícia.

A vítima foi alvejada com pelo menos seis disparos, no bairro Horizonte. Com o apoio da Polícia Militar (PM), a Polícia Civil apurou que o crime aconteceu em uma festa, em endereço conhecido pelo comércio de entorpecentes. A investigação apontou, ainda, que cinco homens e três mulheres estavam no local, e que havia pelo menos duas armas de fogo – uma pistola e um revólver.

A investigação da Polícia Civil aponta que uma discussão teve início no fim da festa, já que havia desaparecido uma grande quantidade de droga no local. Então, o suspeito teria efetuado vários disparos contra a vítima. Após descarregar a arma, com a vítima caída, ele  recarregou o revólver e disparou outras três vezes.

De acordo com informações da Polícia Civil, no local, uma testemunha apontou a autoria para outra pessoa, que foi presa no endereço e liberada após a investigação detalhada dos fatos.

A Polícia Civil informou que ocaso configura homicídio com pelos menos três qualificadoras – o motivo fútil, por meio cruel, com a impossibilidade de defesa da vítima. O suspeito reside em Chapecó, tem 18 anos e já responde por tentativa de homicídio. O caso será repassado ao Ministério Público para os fins de direito.

Fonte: CLICRDC / Foto: Polícia Civil