Moisés e Daniela terão dois processos paralelos de impeachment na Alesc

Um novo processo de impeachment contra o governador Carlos Moisés e a vice-governadora, Daniela Reinerh, deve ser aceito oficialmente pela Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (3). A expectativa é que o presidente da Alesc, Julio Garcia, faça a leitura pública e anuncie a decisão durante a tarde.

Trata-se do pedido de impeachment apresentado no início de agosto por um grupo de advogados, empresários e entidades, que aponta supostos crimes de responsabilidade no reajuste dos procuradores estaduais – assunto que já é abordado no processo de impeachment em andamento – e também ações de governo na gestão da pandemia.

A diferença é que, desta vez, o secretário de Estado de Administração, Jorge Tasca, não foi incluído no pedido de impeachment. 

Com a aceitação, Moisés e Daniela terão dois processos de impeachment correndo em paralelo na Alesc. Um em fase de julgamento, e outro em fase inicial.