Morador de SC que treinou Nicolas Cage vive no anonimato

Os cabelos brancos e as marcas do tempo deixadas na pele de Atalíbio Magioni, de 74 anos, guardam as lembranças da história de um dos maiores remadores olímpicos dos anos 70, no Brasil.

A atual rotina do produtor rural no interior do município de Pinhalzinho, no Oeste de Santa Catarina, em nada se assemelha ao que Magioni viveu em 1976, quando foi às Olímpiadas de Montreal, no Canadá. Foi a partir disso que Magioni conheceu e treinou o ator norte-americano Nicolas Cage.

Magioni ensinou Nicolas Cage a remar para sua participação no filme “The Boy In Blue” – Foto: Arquivo Pessoal/Divulgação/NDMagioni ensinou Nicolas Cage a remar para sua participação no filme “The Boy In Blue” – Foto: Arquivo Pessoal/Divulgação/ND

O ano era 1976 quando o ex-remador Magioni, que é natural de Venâncio Aires, no Rio Grande do Sul, competiu em Montreal ao lado do remador Wandir Kuntze e do timoneiro Nilton Alonço. Eles garantiram o quarto lugar na final B e a décima colocação geral.

 

O encontro com o ator norte-americano

A fama e o trabalho reconhecido com a equipe canadense de remo também abriram as portas para o cinema em Hollywood.  Magioni conta que foi chamado para treinar o ator principal do filme The Boy In Blue, chamado no Brasil de “O Rapaz de Azul” ou “Fúria de Vencer”.  Foram três meses de gravação, com o reconhecido e renomado ator norte-americano Nicolas Cage.

“Ensinei o Nicolas Cage a remar para trás. Quando ele foi remar para frente estava pronto, ficou bem fácil para ele. Porque eu dei a maior dificuldade antes e quando começou a remar para frente foi fácil. Então ele fez um filme de 7,5 milhões de dólares”, conta.