Motociata com Bolsonaro em Chapecó deve reunir 50 mil pessoas, diz organização

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) participa neste sábado (26) de uma motociata em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina. O trajeto do evento ainda não foi divulgado.

A visita deve contar com um grande esquema de segurança na cidade, inclusive com bloqueio do espaço aéreo, visto que deve receber pessoas de várias cidades do Sul do país. As equipes de segurança do presidente estão em Chapecó há mais de uma semana para organizar o roteiro do evento.

“Está tudo organizado. A comitiva do presidente está na cidade e estamos preparando a recepção dos motociclistas nos acessos do município”, garante Cleverson Dalmora, organizador da motociata.

A Prefeitura de Chapecó informou que são esperados 30 mil motocicletas. Os organizadores esperam cerca de 50 mil pessoas. Grupos de cinco estados já confirmaram presença na segunda motociata, como do Acre, Bahia e Mato Grosso.

Para abrigar todos os participantes do evento, os clubes de motociclistas solicitaram à prefeitura que seja cedido o espaço dos três pavilhões do Parque de Exposições Tancredo de Almeida Neves, a Efapi, para pessoas de outros estados que queiram acampar no local. Os viajantes, que devem chegar na cidade em motocicletas e motorhomes, poderão se hospedar no local sem custos.

São dois mil apartamentos e um total de cinco mil leitos disponíveis nos hotéis de Chapecó. “Esperamos que hoje e amanhã nós tenhamos um incremento bastante significativo. A nossa expectativa é grande”, diz Carlos Roberto Klaus, dono da rede Mogano de Hotéis.

Equipes da organização serão divididas nos principais acessos de Chapecó para orientar os participantes do evento como se dirigirem até o local de largada da motociata que sairá do Distrito Industrial Flávio Baldissera. A concentração começa às 8h, com saída prevista para as 9h. Às 6h eles já estarão no local.

“É um momento de muita apreensão e satisfação, visto que estamos organizando um evento para receber o presidente e nossos irmãos motociclistas. Já é tradicional da cultura do motociclista ser muito bem recepcionado. O objetivo é construir uma das motociatas mais organizadas que já existiram. Não seremos a maior, mas seremos a mais projetada e organizada. Estamos pensando em todos os cuidados e fazendo tudo o que prevê o decreto estadual, principalmente o uso de máscara”, completou.

Fonte: ND MAIS | Foto: Alan Santos/Governo Federal/ND