Mulher é agredida e ameaçada pelo filho e aciona botão do pânico em Chapecó

Uma mulher, de 50 anos, acionou o botão do pânico após ser agredida e ameaçada pelo próprio filho, de 18 anos, em Chapecó (SC). Segundo a Polícia Militar (PM), o fato aconteceu por volta das 13h54 de quinta-feira (28), na rua Mondaí, bairro Engenho Braun.

A PM foi acionada pela vítima, que possuía medida protetiva contra o marido. No local, os policiais constataram que a mulher discutiu com o filho – um jovem de 18 anos. Segundo a Polícia, o jovem ameaçou e agrediu a vítima.

Ambos foram conduzidos à Central de Plantão Policial (CPP) para andamento da ocorrência.

O Botão de Pânico

A funcionalidade do botão do pânico está disponível no aplicativo PMSC Cidadão para as mulheres que possuem medidas protetivas de urgência. O objetivo é que as vítimas de violência doméstica não precisem ligar para a Polícia quando ocorrências do tipo acontecem. De forma discreta e anônima, a vítima não precisa se expor para fazer a ligação.

Fonte: CLICRDC / Foto: Governo de Santa Catarina