Mulher leva tiro e tem parte do corpo incendiado após ser sequestrada por grupo de homens em Palhoça

Uma mulher de 31 anos sofreu uma tentativa de homicídio em Palhoça, na Grande Florianópolis, na manhã desta segunda-feira (16). Conforme a Polícia Militar, a vítima foi levada por três homens até a Estrada do Espanhol, no bairro Enseada da Pinheira, por volta das 7h, e alvejada na perna direita.

Os suspeitos ainda jogaram combustível na mulher e atearam fogo em seu corpo. Segundo informado à PM pela vítima, a mulher foi sequestrada pelos homens e levada até essa estrada deserta. Ela então tentou fugir e acabou tomando um tiro na perna.

Ela ainda relatou que a motivação do crime seria a morte de seu ex-marido que era envolvido com uma facção criminosa.

Ainda conforme a vítima, os criminosos fugiram após pessoas escutarem barulho e irem ver o que estava acontecendo. Na sequência acionaram polícia e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). A vítima foi levada em estado grave ao hospital.

Investigação

Conforme a delegada Raquel Freire, da DIC (Delegacia de Investigação Criminal) de Palhoça, o caso está sob sigilo para proteger a vítima.

A delegada apenas explicou que trata o caso como tentativa de homicídio e descartou a narrativa de sequestro devido as circunstâncias apresentadas.