Neve generalizada pode atingir os 3 estados da região Sul a partir desta quinta-feira, 20

A semana será marcada pelo avanço de uma massa de ar polar que vai deixar o tempo extremamente gelado nos próximos dias. Os três estados da região Sul serão atingidos: desde Soledade, no Rio Grande do Sul, passando pelas áreas mais altas da Serra Catarinense e chegando ao sul do Paraná, na região de General Carneiro, há previsão de neve generalizada a partir desta quinta-feira, 20.

“Serão vários dias de neve, começando na quinta-feira e indo até o sábado, 22. O acumulado previsto em algumas áreas de Santa Catarina e Rio Grande do Sul pode chegar a 10 cm de espessura de neve ou até mais, segundo algumas simulações”, diz o meteorologista Celso Oliveira, da Somar. Segundo ele, estamos diante de um evento extremo que não era visto desde 2013, quando 150 municípios de Santa Catarina registraram neve.

O declínio da temperatura será acentuado, com mínimas de -3 °C. Também haverá ocorrência de geada, mas não numa área tão ampla, justamente por conta da umidade presente. Para haver geadas, é preciso noites de céu claro e sem ventos, mas existe uma frente fria atuando na região. De qualquer maneira, fica o alerta para as lavouras de milho segunda safra que ainda não foram colhidas e o trigo instalado no Sul.

Há possibilidade também de chuva congelada por conta da passagem de uma frente fria, mais uma área de baixa pressão atmosférica na costa, além dos fortes ventos em altitude, chamados de jato.

No Rio Grande do Sul, o dia já começa com nevoeiros na faixa leste. Conforme o dia for passando, há previsão do retorno da nebulosidade e de pancadas de chuva com trovoadas no norte, sul e parte do centro do estado.

Na quarta-feira, 19, a presença de uma frente fria no oceano seguirá provocando chuva em Santa Catarina e no Paraná, com condição para chuva volumosa e transtornos em áreas de risco. No Rio Grande do Sul a condição é ligeiramente menor e a chuva se concentra em cidades próximas a Santa Catarina.