Nissan cobra mais de R$ 2 milhões para restaurar esportivo e deixá-lo como zero-quilômetro

Carro não é investimento, todo mundo sabe. Mas alguns modelos são considerados joias, pelo menos é assim que a Nissan quer tratar os seus clássicos. O problema é que uma restauração da marca, mas especificamente da geração R32 do Skyline (esportivo que ficou famoso na franquia Velozes e Furiosos, lembra?) custa cerca de US$ 400 mil, ou mais de R$ 2,2 milhões pela cotação atual.

Com nome derivado de NISsan MOtorsport, NISMO é a divisão de preparação da montadora. E é esse grupo de elite de engenheiros e pilotos de teste que trabalham para preparar e restaurar os carros da fabricante. O processo é minucioso.

O programa de restauração da Nissan envolve primeiro a desmontagem completa do veículo. A empresa então usará ferramentas de medição 3D avançadas para encontrar quaisquer imperfeições e deformidades no chassi. Se encontrados, eles são reparados. Para se livrar da ferrugem, o veículo recebe uma pintura por eletrodeposição.

Em seguida, uma máquina testa a rigidez torcional do carro antes da fabricante colocar mantas para diminuir o ruído e a vibração do painel. A carroceria é então levada para a pintura, onde os proprietários podem optar pela cor original ou escolher uma outra.

Você deve imaginar que não é só a carroceria que é revisada. Enquanto isso, o motor RB26DETT original do Skyline é completamente desmontado e reconstruído com peças manufaturadas ou novas. O motor é então testado antes de receber o visto de aprovação. Se for preciso, o sistema de suspensão e de freio também podem ser reconstruídos. Toda a fiação original é inspecionada e reparada, se necessário.

E o interior? Existem duas opções: ou o dono escolhe restaurar os revestimentos originais ou os clientes podem optar por revestir o interior com os mesmos materiais usados no GT-R atual. Depois de todas essas mudanças, a Nissan ainda leva o carro para uma espécie de teste final em seu campo de provas.

É lógico que o preço da restauração varia conforme as necessidades do carro e o bolso do cliente, mas a Nissan fala que o serviço custa cerca de US$ 433.000. Baratinho!

Fonte: G1 / Foto: Divulgação