No Rio Grande do Sul, prefeito toma posse vestindo saia para pagar aposta de campanha

Não dá para dizer que o novo prefeito de Mampituba (RS) não cumpre suas promessas de campanha. A primeira delas arrancou gargalhadas da população do município fronteiriço a Santa Catarina e fez sucesso nas redes sociais. Pedro Juarez da Silva, o Pedrão, tomou posse na sexta-feira (1º) de camisa social, gravata, sapato com meia e saia estampada até as canelas.

Tudo começou com uma conversa informal entre Pedrão e o açougueiro do supermercado Benatos, testemunhada por um grupo de eleitores. O papo era a coligação de quatro partidos que pretendia impedir que Pedrão se elegesse prefeito de Mampituba pela terceira vez (ele fora prefeito por dois mandatos, entre 2009 a 2016). Confiante, o então candidato do MDB apostou: “Se eu me eleger com menos de 300 votos de vantagem, tomo posse vestindo saia”.
Pedrão conseguiu o terceiro mandato, mas por uma margem mais apertada do que imaginava. Fez 1.431 votos, o equivalente a 53,82% dos votos válidos de Mampituba e apenas 203 a mais do que o petebista Edgar da Silva Cristovam, o Degão. Junto com os cumprimentos, o eleitorado recomendou que o prefeito eleito providenciasse a saia. “As da primeira-dama, infelizmente, não me serviram. Tive de pedir emprestado a uma amiga evangélica, que tinha um modelo mais longo e recatado”, brinca o prefeito, de 1,98 metro de altura e 142 quilos.
O prefeito não cogita ficar com a vestimenta como recordação. Até porque a dona já pediu a saia de volta.
Além de prefeitos bem-humorados, Mampituba também é produtor de banana, maracujá e pitáia, carros-chefes da economia local. Pedrão se elegeu prometendo incentivar parcerias para inserir a banana mampitubense nas merendas de municípios metropolitanos. Vizinha de Praia Grande (SC), a região também tem atrativos turísticos como os voos de balão sobre cânions, superiores a 20 por dia nesta época do ano.
Informações: Zero Hora
Foto: Arquivo pessoal