Ossada encontrada no Oeste era de homem desaparecido

O laudo do Instituto Geral de Perícias (IGP) de Florianópolis confirmou que a ossada encontrada por populares no mês de abril na cascata de Lacerdópolis era de Izaltino de Lima, 63 anos. O hervalense, conhecido por “Seu Tino”, estava desaparecido desde o início de dezembro de 2019. Ele residia na Linha Itororó.

Bombeiros chegaram a realizar buscas na mata e nas margens do Rio do Peixe para tranquilizar a família, mas o trabalho foi encerrado sem sucesso.

A comprovação se deu através de exames de DNA coletados dos familiares, pois foram encontrados apenas ossos do fêmur e da cintura pélvica.

“As circunstâncias da morte e do desaparecimento são incertas. O exame apenas comprovou que o fragmento ósseo era humano e era dele”, informou o delegado da comarca de Herval d´Oeste, Leandro Sales.

O caso do desaparecimento foi investigado pela Polícia Civil de Herval d´Oeste, e a localização da ossada pela Civil de Lacerdópolis.

Fonte: CACO DA ROSA