Polícia Civil investiga furtos de calcinhas registrados no Oeste de SC

Um homem de 33 anos é investigado por cometer furtos de calcinhas, em Pinhalzinho, no Oeste de Santa Catarina. O crime ocorre no município desde 2011 e o suspeito já confessou os atos. Em todos os registros, as roupas íntimas estavam estendidas em varais.

De acordo com o delegado de Polícia Civil, Lucas Almeida, o inquérito foi instaurado no mês de fevereiro após a constatação de diversas ocorrências semelhantes.
“Foi apurado que houve fatos parecidos e sempre furto de calcinhas em varais. Isso vem desde o ano de 2011, fato que nos chamou muito a atenção. Foi feita uma investigação e chegamos a um suspeito, de 33 anos, que ao ser interrogado confessou o fato”, comenta o delegado.
Ainda conforme o delegado, houve casos em que cerca de 30 calcinhas foram furtadas.

“O suspeito poderá responder pelo crime de furto em crime continuado. Verificamos que houveram casos que houve o furto de 30 calcinhas, inclusive de crianças. Vamos apurar se há algum desvio de conduta sexual por parte desse suspeito e se tem mais pessoas envolvidas”, conclui o delegado.