Polícia prende autor de homicidio ocorrido em Quilombo

ATUALIZADA – Entre a noite da sexta-feira (14), e a madrugada de sábado (15), no decorrer de uma festa em bar localizado às margens da rodovia SC-157, em Quilombo, um jovem Transexual de 23 anos foi morta, e o autor, de 21 anos de idade, acabou preso em flagrante em menos de oito horas depois do crime.

Conforme as informaçõe repassadas pela Polícia Civil, houve uma confusão envolvendo alguns dos participantes do evento, oportunidade na qual três pessoas foram colocadas para fora do local pela equipe de segurança.

Uma quarta pessoa, que também estava no local, seguiu em direção ao trio e se juntou a ele. Momentos depois, o trio deixou a localidade em um carro, mas a quarta pessoa não retornou ao bar.

Mais tarde, o corpo foi encontrado sem vida às margens de uma pequena via, nas proximidades do evento, com sinais de morte violenta, dentre elas esmagamento de crânio e estrangulamento.

A Polícia Militar foi acionada e se fez presente, e, conduziu o trio à Delegacia de Polícia Civil. Foram identificadas e ouvidas inúmeras testemunhas, e após efetuadas diligências em campo, foi encontrada uma camiseta com vestígios de sangue na casa de um dos componentes do trio.

Interrogado, ele assumiu a autoria do crime, alegando ter entrado em luta corporal com a vítima por motivos pessoais, o que fora confirmado pelos demais. Uma testemunha disse ter avistado o momento dos fatos e contou que a agressão fora perpetrada apenas por um homem, não tendo os outros dois participado.

A voz de captura dada ao autor foi convertida em prisão em flagrante pela prática do crime de homicídio qualificado.

Os outros dois podem responder pela eventual prática dos crimes de favorecimento pessoal e de omissão de socorro, a ser apurado na instrução do caderno investigativo. O Instituto Médico Legal (IML) indicou, preliminarmente, que a causa da morte foi asfixia.

Informações Polícia Civil