Ponte Hercílio Luz completa 96 anos com programação especial

Informações e foto: Governo do Estado
 
A Ponte Hercílio Luz, cartão-postal e patrimônio dos catarinenses e do Brasil, completa 96 anos nesta sexta-feira (13). Para comemorar a data, às 10h30 começa uma programação especial. Quem passar pela cabeceira insular da estrutura poderá conferir o espetáculo da Camerata Florianópolis Tributo à Música Popular Brasileira, sob regência do maestro Jeferson Della Rocca. 
 
O governador, Carlos Moisés, lançará o edital para a iluminação cênica da primeira ligação entre a Ilha de Santa Catarina e o continente. A programação é organizada pelo Governo do Estado, por meio da Fundação Catarinense de Cultura (FCC). 
 
Alteração no trânsito
 
O trânsito de veículos no local será desviado a partir das 8h, em razão das comemorações do aniversário e para que a população possa aproveitar melhor o evento. A travessia entre Ilha e Continente será feita apenas pelas pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Salles. Assim sendo, a rua Jorn. Assis Chateaubriand e a Alameda Adolfo Konder, na região do Parque da Luz, ficarão fechadas para veículos. Também haverá bloqueio no acesso da cabeceira continental. É importante destacar, ainda, que as linhas de ônibus terão outro trajeto, passando pelas pontes Colombo Salles e Pedro Ivo.
 
Conexão
 
A Ponte Hercílio Luz é conhecida por ser a maior ponte pênsil sustentada por um sistema de barras de olhal do mundo, com 821 metros de comprimento, 74 metros de altura e cerca de cinco mil toneladas de aço. Foi inaugurada em 13 de maio de 1926, quatro anos depois de começar a ser construída, em 1922.
 
Depois de 28 anos fechada, a Ponte Hercílio Luz foi reaberta e teve seu reencontro com os catarinenses no dia 30 de dezembro de 2019. O cartão-postal revitalizou a conexão entre ilha e continente e já faz parte do dia a dia de Florianópolis.
 
Histórico resumido da ponte
 
1922 – Iniciam-se as obras para a construção da Ponte Independência, a primeira ligação entre a ilha e o continente.
1926 – É inaugurada a ponte Hercílio Luz. Ela ganhou este nome em homenagem ao então governador de Santa Catarina, Hercílio Luz, responsável pela construção da ponte. 
1982 – Devido às condições precárias e à deterioração das barras de olhal, a Ponte Hercílio Luz é interditada totalmente.
1988 – A ponte é reaberta parcialmente (somente ao tráfego de pedestres, bicicletas, motos e veículos de tração animal).
1991 – Interdição total – A ponte é novamente interditada a qualquer tipo de tráfego. O piso asfáltico do vão central é retirado, aliviando 400 toneladas de peso. A interdição dura até 2019.
2019 – Reencontro com os catarinenses – No dia 30 de dezembro de 2019, o cartão-postal revitalizou a conexão entre ilha e continente e já faz parte do dia a dia de Florianópolis.