Prefeito de São Lourenço do Oeste passa cargo ao vice e informa que não retorna em 2020

Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira (1º), no gabinete da prefeitura, o prefeito de São Lourenço do Oeste (SC), Rafael Caleffi, realizou a transmissão de cargo ao vice-prefeito, Daniel Hippler. No início, Hippler ficará prefeito pelo período de férias do prefeito Caleffi. Porém, Caleffi explicou que não retornará mais para a prefeitura em 2020, deixando claro que passará em definitivo o cargo ao vice.
 
Com isso, Caleffi deixa seu nome como pré-candidato à reeleição para prefeito de São Lourenço do Oeste pelo MDB. As convenções partidárias para a escolha de candidatos devem ser realizadas no período de 31 de agosto a 16 de setembro, seguindo a lei eleitoral.
 
Também devido as eleições, o prefeito anunciou a saída da esposa Gizele Kalinoski, da presidência do Instituto Cultural, e do secretário de Educação, Alex Tardetti, que deverá retornar à Câmara Municipal, pois foi vereador eleito em 2016. Outra troca será na Secretaria de Saúde, com a saída de Camila Lorenzet para o retorno de Vania Garbin Baldissera, que estava como vereadora suplente. Vania foi secretária entre 2017 e 2019.
 
Caleffi disse acreditar que, junto com Hippler, conseguiu mudar a realidade do município e elevar a autoestima da população. “Só tenho a agradecer”, resumiu.
 
Prestação de contas
 
O prefeito explicou estar entregando a prefeitura ao vice com R$ 15.617.985,52 em caixa, sendo R$ 4.007.166,93 de recursos livres. Valor atualizado até 31 de agosto de 2020. Falou também que recebeu a prefeitura em 2017 com apenas R$ 65 mil em recursos livres.
 
Caleffi aproveitou para dizer que o governo municipal realizou o pagamento de quase todos os precatórios e dividas de financiamento de gestões passadas no valor aproximado de R$ 10 milhões. Agora, o atual governo, diz o prefeito, está com cerca de R$ 9 milhões em divida de financiamento.

Autor e foto: Angela Maria Curioletti/Portal Minutta