PSL terá candidatura à prefeitura de Chapecó

Presidente do partido diz que a deputada Caroline De Toni é a favorita para concorrer

O PSL já existia em Chapecó, porém, ganhou projeção a partir de março de 2018, quando o hoje presidente Jair Bolsonaro se filiou ao partido para disputar a eleição. Após isso, a sigla recebeu diversos pré-candidatos, sendo que Daniela Reinehr foi eleita vice-governadora e a suplente de vereadora, Caroline De Toni, se elegeu deputada federal com expressiva votação.