Quilombo – Menina de 14 anos que estava sendo explorada sexualmente é resgatada

A vítima, de 14 anos, estava sendo obrigada a fazer programas para pagar dívida.

A Polícia Civil de Pinhalzinho resgatou uma menina, de 14 anos, que estava sendo explorada sexualmente na cidade de Quilombo.

O Delegado Lucas Almeida, responsável pela investigação, disse ao Diário do Iguaçu que a vítima estava desaparecida desde o dia 14 de abril em Pinhalzinho. “Ela tinha se envolvido em brigas de uma gangue de meninas e fugiu da cidade porque tentaram bater nela”, conta.

Os investigadores receberam informações de que a menina estaria em Quilombo, num possível bar de mulheres. “Segundo o proprietário do estabelecimento, eles não sabiam que ela era menor de idade, pois a menina não teria apresentado nenhum documento quando chegou”, disse o delegado.

De acordo com o relato, a vítima estaria sendo explorada sexualmente no local. “Ela estava presa, até mesmo em situação análoga a escravidão, pois eles reteram a menina porque compraram um celular para ela que precisou realizar programas para pagar o aparelho”, explica Lucas.

O delegado afirma que a menina foi resgatada e devolvida à família. “Foi instaurado um procedimento na delegacia de Quilombo por tratar-se de um crime de exploração sexual de menor de idade, com pena de até dez anos de prisão”, finaliza.

Fonte: https://diregional.com.br/