Sebrae/SC auxilia empresas da região oeste a buscarem inovações

Programa ALI propõe mudanças que impactam na gestão empresarial, na melhoria de produtos/processos e na identificação de oportunidades

Atendimento especializado, metodologia exclusiva de inovação, mensuração de indicadores e aumento de competitividade. Esses são alguns dos benefícios proporcionados às empresas participantes do Programa Agentes Locais de Inovação (ALI), executado pelo Sebrae/SC em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

As pequenas empresas da região oeste catarinense interessadas em implementarem inovações devem realizar a inscrição pelo link sebrae.sc/selecaoempresas-ali. As vagas são limitadas para 140 organizações que iniciarão em novembro. Os atendimentos serão gratuitos. Mais informações pelo telefone (49) 3330-2804 ou pelo e-mail [email protected]

O programa visa auxiliar as microempresas e empresas de pequeno porte a implementar práticas inovadoras, a identificar os estágios de inovação e ampliar os negócios a partir das expectativas de seus clientes. A metodologia utiliza conceitos e ferramentas que são aplicadas por grandes empresas inovadoras e startups de rápido crescimento.

O planejamento é implementado sob a responsabilidade da empresa e com orientações do Agente Local de Inovação, tendo acompanhamento gratuito e duração de até três meses. As mudanças propostas geram impacto direto na gestão empresarial, na melhoria de produtos, processos e na identificação de novos nichos de mercado.

A cada três meses encerra o ciclo de atendimento e inicia o processo de inscrição para o ingresso de mais 140 empresas participantes. No total serão oito ciclos do programa na região oeste catarinense.

Segundo a analista técnica do Sebrae/SC, Marieli Aline Musskopf, muitos empresários de pequenos negócios acreditam que inovar exige custos elevados e equipes maiores. “Com o Programa ALI mostramos, na prática, que inovar é possível e necessário, independente do porte da empresa ou de sua estrutura”, ressalta.

“A cada edição o Programa ALI as empresas participantes apresentam excelentes resultados tanto no aperfeiçoamento da gestão empresarial quanto no aprimoramento dos processos internos. Observamos que a iniciativa tem contribuído para a reinvenção dos negócios, principalmente nesse período de estagnação econômica provocada pela pandemia, auxiliando na manutenção das atividades e mitigando o impacto financeiro”, observa o gerente regional do Sebrae/SC no oeste e extremo oeste Udo Martin Trennepohl.