Suspeitos de aplicar golpes do cartão clonado em idosos são presos em Chapecó

Dois suspeitos de aplicar golpes em idosos foram detidos na segunda-feira (4), em Chapecó. Segundo a Polícia Civil, os homens têm de 16 e 25 anos de idade, são de São Paulo e possuem passagem por tráfico. Eles são investigados pela prática de golpe do cartão clonado.

De acordo com a Polícia Civil, é a terceira vez em menos de três meses que suspeitos de aplicar este tipo de golpe são presos no município. A equipe de investigação recebeu informações de que os golpes aconteciam na tarde de segunda-feira, e começaram a levantar informações

Os suspeitos foram abordados no bairro São Cristóvão. Com eles, foram encontradas dezenas de máquinas de cartão de crédito, dinheiro, celulares, além dos cartões das vítimas, conforme apontou a Polícia Civil.

Entenda o golpe

Segundo a Polícia Civil, o crime começava quando as vítimas – todas idosas – recebiam ligações telefônicas de uma pessoa que se dizia funcionária de um banco. No contato, a pessoa informava que o cartão de crédito da vítima estaria clonado e que o cancelamento imediato seria necessário.

Logo após a ligação, conforme orienta a Polícia Civil, a vítima recebe a visita de um suspeito, de carro, que coleta o cartão. Posteriormente, os suspeitos utilizavam o objeto para saques no caixa eletrônico e em máquinas de cartão.

Seis pessoas foram presas pelo mesmo motivo nos últimos três meses em Chapecó, afirma a Polícia. Todos eles possuem suspeita de envolvimento com uma facção criminosa de São Paulo, que atua em diversos estados do Brasil.

Fonte: CLICRDC / Foto: Reprodução/Polícia Civil