Taxa de ocupação de leitos de UTI no ‘Grande Oeste’ de Santa Catarina se aproxima de 100%

A taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no ‘Grande Oeste’ se aproximou dos 100% nesta quarta-feira (03). Segundo dados divulgados pelo governo de Santa Catarina, a região registra 98,5% de ocupação dos leitos.

Conforme o boletim, a região tem 136 leitos ativos e destes, apenas dois (UTI Adulto e UTI Pediátrico) não estão ocupados. Em Santa Catarina, o total de ocupação de leitos de UTI é de 75%

O ‘Grande Oeste’ é a região que possui o maior índice de ocupação de leitos de UTI. O ‘Planalto Norte e Nordeste’ do Estado, segundo lugar no ranking de ocupação, registrou 88,1%, nesta quarta-feira.

Grande Oeste – 98,5%

Planalto Norte e Nordeste – 88,1%

Grande Florianópolis – 79,5% 

Meio Oeste e Serra Catarinense – 76,3%

Vale do Itajaí – 65,5%

Foz do Rio Itajaí – 64,0%

Sul – 52,9% 

Santa Catarina (Total) – 75,0%

Taxas nos leitos para Covid-19 em Chapecó

A Prefeitura de Chapecó divulga, diariamente, a taxa de ocupação dos leitos de UTI e enfermaria destinadas ao tratamento da Covid-19. Nesta quarta-feira (03), o Hospital Regional do Oeste (HRO) está com a UTI 97% ocupada, enquanto a enfermaria está 100% ocupada.

A Unimed, que representa a rede particular de saúde em Chapecó, está com a UTI 29% ocupada. Já os leitos de enfermaria estão 33% ocupados.