TikTok: influencer de 16 anos alcança 100 milhões de seguidores

Charli D’Amelio vai poder dizer aos netos que, aos 16 anos, foi a primeira pessoa a conseguir cem milhões de seguidores na rede de vídeos curtos TikTok. A marca foi batida um ano e meio depois de a garota criar sua conta, e apenas sete meses depois de alcançar os 50 milhões de fãs seguindo seus vídeos.

Segundo ela, o vídeo que deu início à visibilidade espantosa de sua conta foi um vídeo postado em julho de 2019, onde ela aparece juntamente com o usuário identificado como “Move With Joy”, no qual ela segue a coreografia apresentada. Segundo disse à NBC, “desde então, o número de seguidores só vem crescendo”.

A jovem não está sozinha – toda a família D’Amelio tem conta no TikTok: a irmã mais velha Dixie e mais os pais, Marc (ex-candidato ao senado americano pelo Partido Republicano) e Heidi D’Amelio.

Jantar em família

Toda a família participa agora do reality Dinner with the D’Amelios, cujo primeiro episódio (onde ela inclusive expressa o desejo de chegar a cem milhões de seguidores) custou à Charli um milhão de fãs, que deixaram de segui-la pela maneira como ela tratou o chef que havia preparado o jantar. Ela então gravou um vídeo, se desculpando e prometendo “melhorar”.

Não apenas reconquistou os fãs como ganhou mais alguns, que a ajudaram a alcançar a marca agora batida. “Cem milhões de pessoas me apoiando! Não posso acreditar que isso é real”, escreveu ela em sua conta no Twitter.

Agora, a jovem de Norwalk, Connecticut, deve expandir os negócios que toca em paralelo à sua carreira de influencer nas redes sociais. Além do reality show (que muitos acreditam que ocupará o lugar deixado vago pelo programa Keepin’ up with the Kardashians), ela deve continuar com as parcerias com grifes e marcas de maquiagem que já renderam a ela US$ 4 milhões, além de divulgar seu livro, The Ultimate Guide To Keeping It Real, a ser lançado ainda este ano.

Fonte: Tec mundo