Vereadora e ex-primeira dama de Xaxim é presa em ação da DIC por envolvimento no assassinato de advogado

Uma ação realizada pela Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de São Miguel do Oeste, deu cumprimento na tarde desta quarta-feira (28), a um mandado de prisão em desfavor a vereadora Maria de Lourdes Fonini (PSB) de Xaxim.

Conhecida como Lula, a vereadora que também é ex-primeira dama (esposa do ex-prefeito de Xaxim, Cézar Fonini), foi presa no transcurso de uma investigação coordenada pelo Delegado Adriano Bini. Informações preliminares dão conta de que a vereadora teria envolvimento com o assassinato do advogado Jacir Montagna ocorrido em agosto de 2018 na cidade de Guaraciaba.

Os autores do crime já foram presos e condenados em primeira instância, porém a motivação do crime até então não teria sido esclarecida, uma vez que um dos réus (Adelino José Dala Riva) condenado por ter encomendado a morte, negou envolvimento e se recusou a apontar o mandante do crime, que supostamente teria ligação pela atuação de advogado e cliente.

Essa informação no entanto nunca foi confirmada pelas autoridades. No júri popular, Adelino teria sido condenado por ter contratado e pago os irmãos Lucas, Abela e David Gomes dos Santos para executar o advogado Jacir Montagna.

Fonte: ronda policial